O empresário paranaense Joel Malucelli, dono da construtora J. Malucelli e de empresas de comunicação no Paraná, se entregou nesta sexta-feira (14) ao Gaeco (grupo de combate ao crime organizado), braço do Ministério Público Estadual.

Dono de um dos maiores grupos empresariais do estado, Malucelli também fez incursões na política: filiado ao Podemos, já tentou disputar o governo do Paraná e é primeiro suplente licenciado do senador e candidato à Presidência Alvaro Dias (Podemos).

Malucelli foi alvo de um mandado de prisão temporária nesta terça (11), mas estava em viagem de férias à Itália e era considerado foragido pelos investigadores.

Ele se apresentou espontaneamente nesta sexta, e foi encaminhado ao Complexo Médico-Penal, na região metropolitana de Curitiba — mesmo presídio que abriga os detidos na Operação Lava Jato, como o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.