Glenn Greenwald está com medo.

Ele escreveu:

“Diversas fontes disseram ao Intercept que a PF, durante o afastamento de Sergio Moro, está considerando realizar uma operação que teria como alvo um suposto hacker, que supostamente seria a fonte do arquivo. Esse suposto hacker seria estimulado a confessar ter enviado o material ao Intercept e que esse material teria sido adulterado.”

Em primeiro lugar, Verdevaldo não tem fontes na PF.

Em segundo lugar, a PF nunca fez e nunca fará esse tipo de coisa. Se o hacker for preso, é porque ele cometeu um crime.

Em terceiro lugar, a quantidade de vezes que Verdevaldo usou o termo “suposto” indica que ele já está tentando se proteger. Enquanto isso, o Pavão Misterioso promete novas e arrasadoras revelações.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.