A um dia das eleições, com a campanha finalizada, os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) se concentram no Rio de Janeiro e em São Paulo, comunicando-se com seus eleitores por meio das redes sociais. Enquanto o candidato do PSL falou em respeito à Constituição nacional de 1988, o petista falou em virada de porta em porta.

“A forma de mudarmos o Brasil será por meio da defesa das leis e da obediência à Constituição, Assim, novamente, ressaltamos que faremos tudo na forma da lei! Qualquer forma de diferenciação entre os brasileiros não pode ser admitida. Todo cidadão terá seus direitos preservados”, afirmou Jair Bolsonaro em sua conta de Twitter.

“Todo cidadão, para gozar de seus plenos direitos, deve obedecer às leis e cumprir com seus deveres. Qualquer pessoa no território nacional, mesmo não sendo cidadã brasileira, tem direitos inalienáveis como ser humano, assim como tem o dever de obedecer as leis do Brasil”, completou o presidenciável.

Correligionários de Haddad vem defendendo uma campanha pela virada nas ruas. Atores globais saíram às ruas na sexta-feira para conversar com eleitores sobre o voto de domingo.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.