O ator Wagner Moura, grande defensor de Dilma Rousseff (a “presidenta inocenta”), volta a atacar, agora a serviço do MTST, de Guilherme Boulos, versão urbana do MST, especializado em fazer invasões urbanas.

O ator, que representou o traficante colombiano Pablo Escobar numa série da Netflix, mas se recusou a fazer o papel do juiz Sérgio Moro em outra produção da  provedora mundial de filmes, porque o juiz seria “golpista”, ataca as reformas de Temer. É o narrador em um vídeo roteirizado pelos sem-teto.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Wagner Moura grava vídeo para o MTST atacando o governo

  1. Reféns do sistema…
    As conseqüências desse nosso sistema político falho esta desmoronado como domino em um efeito cascata. A disparidade nos níveis sociais, causada por nosso devastador sistema político e suas leis brandas estão como uma epidemia matando A Saúde, Educação, Segurança, o trabalho e sua sustentabilidade. Nossos governistas e representantes estão esmagando nossos direitos, nossos salários nosso futuro. E o resultado disso e o que estamos sofrendo socialmente; a criminalidade aumenta na velocidade da luz, por que a lei defende mesmo recriminando, falam que a pena de morte não pode ser aplicada pela lei, mas de que lei? A lei do marginal e mais severa do que a justiça, pois acusa, julga e mata sem direito de defesa. A Sociedade esta acuada, aprisionada em um cárcere domestico. Nossas ruas invadidas pelo trafico, nosso governo medíocre, sensacionalista e corrupto nos amordaça, nos cega e ludibria buscando interesses pessoais e partidários. Estamos a beira de uma falência múltipla social e econômica. Estamos avançando para um precipício sem fundo. Se o povo não reagir estaremos todos em um beco sem saída, prestes a ser engolidos por nossos governantes e a criminalidade.