O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse ao Estadão que os criminosos armados com fuzis serão mortos pela polícia:

“Se estiver mirando em alguém, tem de receber tiro na cabeça na hora. Está de fuzil? Tem de ser abatido.”

E também:

“O correto é matar o bandido que está de fuzil. A polícia vai fazer o correto: vai mirar na cabecinha e… fogo! Para não ter erro.”

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.